ASSOCIAÇÃO GEOFILOSÓFICA DE ESTUDOS ANTROPOLÓGICOS E CULTURAIS
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Heráclito de Éfeso

Heráclito de Éfeso (aprox. 535 a.C. - 475 a.C.) foi um filósofo pré-socrático considerado o "pai da dialética". Recebeu a alcunha de "Obscuro" principalmente em razão da obra a ele atribuída por Diógenes Laércio, Sobre a Natureza, em estilo obscuro, próximo ao das sentenças oraculares.

Na vulgata filosófica, Heráclito é o pensador do "tudo flui" (panta rei) e do fogo, que seria o elemento do qual deriva tudo o que nos circunda. Segundo Heráclito, o fogo é, pois, o elemento primordial de todas as coisas. Tudo se origina por rarefação e tudo flui como um rio.

De seus escritos restaram poucos fragmentos (encontrados em obras posteriores), os quais geraram grande número de obras explicativas.

Heráclito de Éfeso

Heráclito de Éfeso

  • "Os olhos e os ouvidos são maus testemunhos quando a alma não presta."
  • "Não podemos nos banhar duas vezes no mesmo rio porque as águas se renovam a cada instante."
  • "A única coisa que não muda é que tudo muda."
  • "A verdadeira constituição das coisas gosta de ocultar-se."
  • "Se não sabe escutar, não sabe falar."
  • "Não seria melhor para os homens obterem tudo o que querem.
  • "O caminho para cima e o caminho para baixo são um único caminho."
  • "Dura é a luta contra o desejo, que compra o que quer à custa da alma."
  • "Muito estudo não ensina compreensão."
  • "A guerra é mãe e rainha de todas as coisas; alguns transforma em deuses, outros, em homens; de alguns faz escravos, de outros, homens livres."